segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Pulseiras


Hoje, eu visitei o blog da Pam, e lá estava um post sobre as tais pulseiras coloridas, eu já havia lido uma reportagem sobre isso, mas não tinha me interessado muito, até alguns dias atrás. Vou explicar o porque.

Eu não sou uma pessoa dada a modismos, uso o que gosto, falo o que penso e assim vai, também não me importo muito com o que as pessoas usam, pode ser a mistura de roupas mais cafona do mundo, mas se tá usando é porque está se sentindo bem e ninguem tem nada a ver com isso...Então quem sou eu para dar a minha opinião sobre o assunto. "Como diz a música cada um no seu cada um, deia o cada um dos outros".

Só que quando se trata de crianças, não tem como escapar do modismo, é uma roupa, um tênis ou um acessório que a amiga usa e ela tem que ter também.

Gente no caso estou me referindo a minha filha...OK.

A moda agora são as tais pulseiras coloridas, quando começou a surgir a Isabella me pediu que comprasse, e eu perguntei que pulseiras eram essas, ela me disse que eram umas pulseiras fininhas e coloridas super fashion (palavras dela), e que ela poderia combinar com as roupas dela (com certeza algumas amigas já tinham também).
Comprei as tais pulseiras, fomos eu e ela escolher as cores (comprei 50 de uma vez), chegando em casa algumas já estavam no braço, e cada roupa que usava, era uma cor de pulseira, um dia ela foi para a escola e chegou com pulseiras de cores diferentes e eu perguntei como ela havia conseguido, a Isabella disse o seguinte: - Mãe, eu troquei com as minhas amigas, trocamos por cores que ainda não tinhamos. Eu achei tão legal, eu trocava papel de carta e era uma diverssão, essa troca de pulseiras pra ela também é divertida.

Outro dia chegou a Isabella da escola e me falou sobre uma reportagem, uma amiga havia levado a reportagem por ordem da mãe (para alertar os amigos), e me perguntou se eu sabia disso e o que achava. Eu respondi o seguinte: - O que você acha sobre isso? Ela me respondeu que não levou a sério a reportagem e que gostava de usar as pulseiras e não entendia porque diziam que eram pulseiras proibidas....Gente essa é minha filha, pensa por si só.
Eu expliquei para a Isabella claramente o que a dizia a reportagem e expliquei que era opção dela continuar com as pulseiras ou não, ela me disse que na sala de aula muitos jogaram as pulseiras no lixo, mas ela não queria jogar as dela e se eu deixasse ela iria continuar usando.

Tá agora vou explicar o porque de escrever tudo isso.

Eu disse que a Isabella gostava das pulseiras porque combinava com as roupas dela e que trocava com as amigas por cores que ainda não tinham.
Então porque eu vou proibir, quem quiser acreditar na conotação sexual das pulseiras que acredite, porque eu não vou erotizar uma coisa boba (como pulseiras), eu escuto muita gente falar o seguinte: As crianças hoje já nascem informatizadas... As crianças hoje em dia não tem mais infância.....E porque será? Eram pulseiras de borracha sem significado algum, até vir alguém e denominar as tais pulseiras como "Pulseiras do Sexo", pois lá em casa, continuam sendo borracha, e só borracha, nada mais que borracha, que quiser induzir suas crianças a jogarem fora, fiquem a vontade. Minha mãe sempre diz que quando a criança faz algo errado e nós ficamos chamando muito a atenção, despertamos mais a curiosidade e mais a criança fará (Ex. quando meus filhos começaram a falar e falavam algo feio, minha mãe dizia: - Não fica chamando a atenção para o assunto porque é ai que ele vai tomar mais atenção e fazer novamente).
 Então porque ficar chamando a atenção das crianças para isso? Porque desde cedo já aderir a criança a assuntos sexuais? Depois nos perguntamos porque as crianças estão cada vez mais mal educadas, impertinentes e com a sexualidade a flor da pele.

Eu converso muito com a minha filha, afinal ela já tem 11 anos, mas nunca falei sobre assuntos sexuais ainda, pois acho muito cedo e no momento não há necessidade alguma, mas também não vou deixar ditarem o que é certo ou errado, essa tarefa é minha e dela não abro mão.

Eu tento passar para a Isabella uma imagem boa das coisas, tento mostrar que qualquer tipo de preconceito é errado, que ela deve pensar e agir conforme achar correto e conforme o que lhe foi ensinado. Eu procuro mostrar os dois lados de tudo, o lado bom e o lada negativo e sempre repito que nós temos escolhas, cabe a nos decidirmos qual lado seguir.

Ela optou por usar as pulseiras...então ela usara, alheia a todos os comentários e qualquer observação mal educada que possam fazer.

E agradeço pela minha menina ser uma pessoinha com a mente tão aberta.

Copiei o proverbio que estava na postagem da Pam, por achei corretissimo.

Provérbios 22:6

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.
 
**Deixo claro que é a minha opinião. Aos que lerem esse post e não concordarem  eu respeito da mesma forma, pois cada um tem um modo de pensar e seu ponto de vista."

14 comentários:

Luciana Klopper disse...

fiquei apavorada com esse lance da pulseira, dá um medo pra gente q é mãe

Lia disse...

Deus te iluminou com muita sabedoria. Parabens!

Cris Oliveira disse...

Oi Ná, minha querida
Também assustei com essa história das pulseiras, mas já conversei com minha filha, ela tem quase 16 anos, já não é mais um bebezinho e esta com os dois pés no assunto sexualidade né...mas na minha casa esta tudo em ordem...pulseiras coloridas servem para acompanhar as blusinhas coloridas e pronto...de resto, preciso acreditar e confiar na educação que estou dando a ela...

Você é muito lucida e sua filha tbm, parabéns...esta fazendo um excelente trabalho....e olha que quem te diz isso é uma mãe de 4 filhas, rssssssssssssssss

Beijão!!!!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Parabéns,Na pela sua postura legal de mãe.Beijos

Chica disse...

O que vai mal é esse mundo que complica tudo! CREDO! um beijo e tudo de bom,chica

ΓΙΑΝΝΗΣ Β. ΚΩΒΑΙΟΣ disse...

My friend, did you get my e-mails?

ΓΙΑΝΝΗΣ Β. ΚΩΒΑΙΟΣ disse...

I sent many photos by Greece in
nathaliacortez@ig.com.br
John

comunicadoras disse...

Oi Ná. Concordo perfeitamente com tudo o que disse; as pessoas adultas põem mal em tudo e são responsáveis por muitos dos comportamentos estranhos das crianças; tenho uma filha com 27 anos e sempre agi com ela com muita abertura e diáologo; sexo fui-lhe explicando à medida que as perguntas começavam, nunca me antecipei; se conseguirmos ser abertas com elas, incutir-lhes confiança em nós desde pequeninas, não termos segredos para elas, elas irão sempre dialogar connosco e quando chegar a hora serão elas a virem perguntar; aí sim, teremos que responder e explicar; 11 anos é cedo, Ná; a sua filha dará sinais quando precisar de saber, pode ter a certeza. Para quê abordar assuntos antes de sabermos que estão preparadas para eles? Deixe a sua filha usar as pulseirinhas até quando quiser e, se um dia ela decidir não usar irá dizer o porquê e aí a Ná saberá o que dizer. Que absurdo esse de ligar pulseirinhas de borracha a sexo!!!O ser humano é mesmo muito maldoso.Um beijinho, amiga e até à próxima
Emília

Hilda disse...

Querida, que saudades!!!
Estou aqui recapitulando tudo no seu blog, faz uma falta, ne?
Parabens atrasado para sua filhota (mocinha e vou te confessar uma coisa sem querer te apavorar: dei meu primeiro beijo quando tinha 11 anos!).
Agora vou continuar por aqui e ler seus posts.
Bjao!!!

Lidiane Vasconcelos disse...

Eu compreendo que para você e sua família as pulseiras não têm conotação sexual, e partindo desse princípio, faz todo sentido a menina continuar usando...
Fiquei sabendo das pulseira pela TV. O povo não tem mai o que inventar mesmo. Fico só imaginando os apuros para educar uma criança hoje em dia...

Luciana Klopper disse...

Tem meme natalino pra vc no blog!
http://olhosepensamentos.blogspot.com/2009/12/dois-memes-natalinos.html
bjs

Dani dutch disse...

Ná, eu tinha visto uma reportagem sobre as tais pulseiras, e não tinha entendido o porque da nomeação, o porque elas são ligados ao sexo.... sei lá viu.. achei meio ou melhor totalmente sem sentido.. bjusss

Anônimo disse...

EU TENHO RECEIO DE ALGUM ESTUPIDO TENTAR FAZER ALGUMA COISA ERRADA COM UMA MENINA MOÇA SO PELO SIMPLES FATO DELA ESTA USANDO A PULSEIRA DA COR XXXX QUE SIGNIFICA XXXX. HOJE EM DIA TEMOS QUE TER RECEIO DOS OUTROS E NAO DOS NOSSOS FILHOS. UM ABRAÇO.RCS

thayná freire disse...

Nossa se a minha mãe fosse assim tbm em relação as pulseiras eu axo ki eu tava beim...

PS:eu uso as pulseiras só pq eu axo massa...num teiim nada a ver com esse negocio de sexo ^^